sexta-feira, 21 de julho de 2017

10 CINEASTAS FILMAM EM AVANCA E 149 INVESTIGADORES APRESENTAM COMUNICAÇÕES

A partir de quarta-feira dia 26, durante 5 dias, 10 cineastas premiados ajudam participantes a filmar nas ruas, nos campos e com as pessoas de Avanca.

O 21º Festival Internacional de Cinema AVANCA 2017, paralelamente à competição de filmes organiza o CREATIVE FILM WORKSHOPS, onde participantes inscritos integram equipas que filmam com cineastas convidados pelo festival. Este projeto procura ser um embate de criatividade, de experimentação fílmica, de explosão narrativa e de apuro técnico.
O AVANCA 2017 conta assim com cineastas da Áustria, Canadá, Cuba, Bélgica, Brasil, Espanha, Jordânia e Portugal. Todos os cineastas convidados são autores de obras distinguidas no AVANCA e com um percurso profissional assinalável.

Procurando filmar entre a ficção e o documentário, Jessica Rodríguez, jovem e surpreendente realizadora e escritora cubana cuja longa-metragem “Óculos escuros” tem sido uma revelação, orientará filmagens conjuntamente com o cineasta austríaco Chris Raiber do multipremiado “Nelly”, com a jovem revelação do cinema jordano Dalia Abuzeid e o documentarista português
Luís Margalhau, que no ano passado viu o seu filme “Nós na Rua” ser distribuído pelo circuito comercial de cinema.

Marcia Paraiso, argumentista e cineasta brasileira autora do filme “A Lua em Sagitário”, irá orientar uma oficina de escrita para cinema.

Também o diretor de fotografia brasileiro Ralf Tambke irá orientar uma oficina de cinema. Voltada para as técnicas de iluminação para cinematografia digital, procurará abordar a prática de iluminação baseado em cenas da cinematografia clássica mundial.

Na animação, a cineasta canadiana Janice Nadeau, distinguida com os prémios LUX, conjuntamente com os realizadores Arly Jones e Sami Natsheh de Espanha que trabalharam em filmes nomeados para o Oscar e venceram prémios Goya, irão procurar desenvolver projetos nesta área.

Os filmes produzidos que têm sido produzidos ou desenvolvidos nos workshops do AVANCA, têm tido ao percurso assinalável. O filme português mais premiado de sempre teve o seu primeiro desenvolvimento numa oficina do AVANCA e este ano o Festival vai abrir com um filme produzido na edição do ano anterior.

Paralelamente, 149 conferências proferidas por investigadores vindos de países dos cinco continentes, marcam os dias do festival onde a conferência AVANCA | CINEMA vem permitir a divulgação do que está a acontecer pelos centros de investigação à volta do cinema, um pouco por todo o mundo.
Nesta conferência será atribuído à melhor comunicação, o Prémio Eng. Fernando Gonçalves Lavrador. Esta distinção foi criada em homenagem póstuma a um dos mais relevantes investigadores portugueses na área da semiótica, estética e teoria do cinema, cuja obra é fundamental e universal.


Com o propósito de ser um encontro e um apoio ao ato criativo de cineastas de todo o mundo, o 21º AVANCA 2017 é uma organização do Cine-Clube de Avanca e Município de Estarreja com com o apoio do ICA / Ministério da Cultura, IPDJ, FCT, Região de Aveiro, Junta de Avanca, Agrupamento de Escolas e Paróquia de Avanca, para além de várias entidades locais, nacionais e estrangeiras.

quinta-feira, 13 de julho de 2017

MANUELA CAMPAGNA, ATRIZ BRASILEIRA PREMIADA, DIRIGE OFICINA COM JOVENS NO “AVANCA 2017”

A atriz brasileira Manuela Campagna, protagonista do filme “Lua em Sagitário” de Márcia Paraíso, distinguida em 2016 com o Prémio Melhor Atriz, estará este ano no AVANCA 2017 a orientar uma oficina de interpretação destinada aos mais jovens. Esta oficina decorre já entre os dias 26 e 30 do corrente mês.

Pelo sexto ano consecutivo, o Festival Internacional de Cinema AVANCA 2017, irá ter um espaço destinado aos participantes mais jovens.

O CINENTERTAINMENT 6 é um espaço de workshop no festival, destinado a jovens futuros cineastas com idades entre os 6 e os 12 e entre os 13 e os 17 anos.
Jovens cineastas, aprendem e experimentam fazer um filme. O que é o cinema, como é feito e quem o faz, o que é o trabalho do ator, pode-se dar vida a uma personagem? estas são as premissas para 3 dias a usar uma câmara vídeo e explorar o fazer cinema.

Nascido com a intenção de ocupar os mais novos enquanto os pais participam no festival, este espaço de oficina de cinema autonomizou-se e tem permitido que muitos jovens experimentem aqui novas formas de criatividade e comunicação.

Manuela Campagna, atriz e especialista a trabalhar com futuros jovens atores, gosta sobretudo de desenvolver experiências onde o corpo e expressão ganham novos significados. Através dos jogos, da improvisação mas também do uso de textos, procurará que os jovens participantes descubram formas de tornar o corpo expressivo, descobrindo maneiras não quotidianas de se expressar.

Este espaço de oficina conta como sempre com a equipa da “PANTOPEIA - Criação e promoção artística”, coordenando todos os trabalhos.

Atores, videastas e animadores, a equipa da PANTOPEIA tem criado sucessivos projetos que envolvem a criatividade, os mais novos e a criação artística em processo pedagógico.
São formadores e monitores que conhecem bem o AVANCA, têm uma sólida experiência e são a garantia de uma dinâmica construtiva e estimulante.

O CINENTERTAINMENT 6 tem as suas inscrições abertas em www.avanca.com e este é mais um dos acontecimentos que este ano participam na comemoração dos 20 anos deste festival de cinema da região centro do país.

O 21º Festival Internacional de Cinema AVANCA 2017 é uma organização do Cine-Clube de Avanca e Município de Estarreja, com o apoio do ICA / Ministério da Cultura, IPDJ, Região de Turismo do Centro, Junta de Avanca, DeCA / Universidade de Aveiro, Universidade de Coimbra, UTAD, ESAP, ESAD, Academia Portuguesa de Cinema, Agrupamento de Escolas e Paróquia de Avanca, para além de várias entidades locais.

quarta-feira, 5 de julho de 2017

MADRID MARCA O INÍCIO DO FESTIVAL DE CINEMA “AVANCA 2017”

Num ecrã de Madrid, acontece hoje a primeira exibição do 21º AVANCA, Festival Internacional de Cinema que irá acontecer proximamente no distrito de Aveiro.

Este festival, cujas competições decorrem entre 26 e 30 de julho em Avanca, concelho de Estarreja, tem este ano a sua primeira sessão no Teatro do Centro Cultural Pilar Miro, no centro da capital espanhola.

O Centro Cultural tem o nome de uma das cineastas espanholas mais marcantes do cinema do país vizinho. Pilar Miro realizou filmes memoráveis como “El crimen de Cuenca” em 1979 ou “El perro del hortelano” de 1996, que na altura foi distinguido com 7 Prémios Goya.

Neste moderno empreendimento cultural, sobranceiro à Plaza Antonio María Segovia, serão exibidos alguns dos filmes selecionados nos anos anteriores.

Para além de filmes originários da Argentina, Estónia, EUA, Rússia, Suíça e naturalmente Espanha, serão exibidos dois filmes portugueses.

O filme de animação SENDAS da realizadora Raquel Felgueiras, será uma das obras a exibir. Produzido pelo CEINAV da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto, numa parceria com o Cine-Clube de Avanca e Filmógrafo, esta obra questiona a forma de escapar e sobreviver a experiências traumáticas. Uma mulher e dois irmãos dão-nos duas narrativas paralelas das suas viagens de cura emocional.
Estreado no AVANCA 2016, este filme foi distinguido com o Prémio Competição Avanca de Curta Metragem.
Este filme tem sido escolhido e exibição em festivais do Bangladesh (Dhaka), EUA (Nova Iorque e Massachusetts), Espanha (Madrid, Corunha e Vigo), São Tomé e Príncipe, Itália (Roma), Grécia Atenas), Eslovénia (Gorišnica) e Sudão. Em Portugal este filme foi exibido em festivais como o CINANIMA, CURTAS AÇORES, CINECÔA, CAMINHOS, PORTO7, estando proximamente em exibição no CURTAS e no NAU.

LANDING do realizador Filipe Martins, também estreado e premiado no AVANCA 2016 é uma obra que junta a dança ao cinema num trabalho experimental de grande folgo deste cineasta e da coreografa Né Barros.
Produzido conjuntamente pelo Ballet Teatro do Porto e pelo Festival AVANCA, esta obra foi em grande parte rodada no contexto dos workshops profissionais do AVANCA.
Distinguido no festivais CAMINHOS (Coimbra), no Lisbon Internacional Film Festival e no PAISAGENS (Sever do Vouga), este filme tem sido exibido no Brasil, Espanha, Hungria, Itália, México e Reino Unido. Em Portugal este filme passou já por festivais como o CURTA AÇORES, CINECÓA e InShadow.

Entretanto o festival tem já as suas primeiras exibições a partir do dia 21 no Cinema Dolce Vita em Ovar, antecedendo assim a competição internacional que irá decorrer entre os dias 26 e 30 no Auditório Paroquial e no Auditório da Junta, ambos em Avanca.


O AVANCA 2017, Encontros Internacionais de Cinema, Televisão, Vídeo e Multimédia, são uma organização do Cine-Clube de Avanca e Câmara Municipal de Estarreja com apoio do ICA / Ministério da Cultura, IPDJ, Região de Aveiro, FCT, Junta de Avanca, Paróquia e Escola Egas Moniz, entre diversas entidades locais.